Dois mortos em confronto com o COTAR em Tamboril eram de Hidrolândia e tinham várias passagens pela Polícia

Fotos: Divulgação

A Perícia Forense confirmou no final da manhã de hoje (14), a identificação dos dois criminosos que morreram após trocar tiros com policiais do COTAR na zona rural de Tamboril ontem a noite. Ambos eram residentes no município de Hidrolândia e com extensas fichas criminais.

Lázaro Bastos Martins, 20, conhecido por Tizil, tinha passagem pelo crime de estupro, enquanto José Ray da Silva Gomes, 27, respondia por vários delitos como furto e tráfico de drogas.

Em Hidrolândia, comentários e imagens dos dois estavam sendo compartilhados por toda a manhã, mas por volta das 11h, familiares deles estiveram no núcleo da Pefoce em Crateús e fizeram o reconhecimento.


Em poder de Tizil e Ray, estava uma pistola .40, um revólver calibre 38, uma mochila com quase 6 quilos de maconha, uma moto e um aparelho celular. Os dois estavam em fuga, quando confrontaram a composição com disparos entre as localidade de Sabonete e Boa Esperança.

Os corpos deverão ser liberados durante a tarde.

Com informações do repórter Tony Sales
Postagem Anterior Próxima Postagem