Homem é encontrado após 11 dias desaparecido em serra do Ceará

Vítima foi localizada e resgatada por moradores da região - Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução

Um homem que estava desaparecido há 11 dias, na Serra de Aratanha, no Ceará, foi localizado nesta segunda-feira, 13. Francisco Emerson do Nascimento Gomes mora no município de Maranguape. No último dia 3, ele saiu de casa afirmando que iria a uma igreja do povoado, mas não retornou. Ele foi encontrado em uma região de mata, no município de Pacatuba. Emerson estava machucado e não se alimentou durante todo o período.                                

Emerson foi localizado por um morador da Serra. Ao avistar a vítima, o homem teria se encaminhado para a casa de Barruan Neto, nativo guia local, que vinha contribuindo com as buscas. Em depoimento, o guia contou o que a vítima relatou no momento do resgate. "Ele se perdeu durante a noite, na trilha. Ele se segurou em uma árvore, que não aguentou seu peso e quebrou. Com a queda, ele machucou a canela e arrancou uma unha, bateu a cabeça e ficou desacordado durante um dia", explica. Emerson teria caído em um buraco.

No último dia 4, após o desaparecimento de Emerson, a própria família, com a ajuda de um guia, iniciou as buscas pela região, mas não obtiveram sucesso. Equipes do Corpo de Bombeiros, com a ajuda de cães farejadores, também procuraram pelo homem. Nesta segunda-feira, o homem foi localizado na trilha próxima ao açude Boaçu.

De acordo com o guia Barruan, após acordar, Emerson apresentou perda de memória e, por conta da dor, não conseguiu se levantar. "Ele me disse que ficou em um canto só e passou 11 dias sem comer nada, só orando", conta o morador. "Ele veio se rastejando até um certo local da trilha, para chegar no Boaçu. Foi onde o morador viu ele e veio me chamar, pra gente fazer o resgate", completa Barruan Neto.

Segundo Manácia, outra moradora da região que acompanhou o resgate, Emerson estava debilitado e, por isso, não deu mais detalhes sobre seu desaparecimento. A vítima, no entanto, relatou que ouviu as ações das equipes de buscas à sua procura. Ele falou que ouvia os apitos (utilizados pelas equipes de buscas) e ouvia gritarem o nome dele, mas ele não tinha forças pra responder", informou a moradora. Emerson apresentava marcas de picadas de insetos. Ele ainda teria relatado que conseguiu beber água de um rio.

Para realizar o resgate, os moradores confeccionaram uma maca improvisada utilizando uma rede suspensa por uma estaca de madeira. Os populares carregaram a vítima para uma área mais abaixo da Serra, já que Emerson foi encontrado em uma área mais elevada no relevo.

Ele foi levado para a casa do cunhado de Barruan Neto, onde era possível a entrada da viatura do Corpo de Bombeiros. Ainda na residência, os profissionais realizaram os primeiros socorros na vítima. Em seguida, ele foi encaminhado para o Hospital Municipal de Pacatuba.

A cunhada de Emerson, Silvani Rodrigues, informou que a família ainda não têm conhecimento sobre como e por que o homem foi para a área rural, em outro município. "No momento, a gente não quis conversar muito (sobre o que) ele foi fazer ou, até mesmo, o que se passou na cabeça dele. Estamos esperando ele se recuperar mais", informou.
O Povo Online
Postagem Anterior Próxima Postagem