Preso por abuso de menina que expôs crime em desenho pode ser pai dela

Reprodução/TV Anhanguera

O homem de 45 anos que foi preso por suspeita de abusar sexualmente de uma menina em Itumbiara, região sul de Goiás, também é investigado por ter estuprado a mãe da criança. O abuso contra a menina foi descoberto depois que ela contou o crime através de um desenho, entregue para uma professora.

Já a suspeita de estupro contra a mãe da criança foi descoberta durante as investigações da Polícia Civil. O delegado Anderson Pelágio relatou que houve divergências entre os depoimentos da avó e da mãe da criança.

Em um segundo depoimento, a mãe contou que foi vítima de estupro por esse mesmo homem, quando ela tinha 12 anos de idade. A criança seria fruto desse crime sexual. O homem está preso preventivamente desde 6 de junho.

“Se comprovar que ele é pai da criança, ele será novamente indiciado por estupro de vulnerável, com pena aumentada, em face da paternidade”, explicou o delegado.

Desenho

O inquérito sobre o abuso contra a criança foi concluído na terça-feira (14/6). Ele foi indiciado por estupro de vulnerável e lesão corporal, já que ele agrediu a menina ao saber que ela tinha contado o crime na escola. O crime foi denunciado inicialmente por um desenho, em que a menina reproduziu a cena do homem entrando no quarto dela.

Com as novas informações sobre ele também ser suspeito de estuprar a mãe da vítima, um novo inquérito foi aberto. Material genético das pessoas envolvidas foi colhido para exame de DNA, de acordo com o delegado. O nome do suspeito e a idade da vítima não foram divulgados.

Metrópoles
Postagem Anterior Próxima Postagem