Técnico de informática é indiciado no Ceará por ameaçar vazar imagens íntimas de quase 3 mil mulheres

Fotos: Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Civil do Ceará indiciou nesta segunda-feira (30) o técnico de informática Matheus Fernandes Alves, de 27 anos, por extorquir dinheiro de quase três mil mulheres, ameaçando-as de expor imagens íntimas delas nas redes sociais. Ele foi preso no dia 8 de abril em Fortaleza.

Matheus é suspeito de cometer os crimes de extorsão, ameaça, estelionato, pirataria, tentativa de extorsão, tentativa de estupro virtual, estupro virtual consumado e uso de documento alheio, crimes praticados contra quase três mil vítimas, todas elas mulheres em vários estados do Brasil.

Conforme a Secretaria da Segurança Pública, o homem entrava em contato com as vítimas alegando que mantinha fotos delas comprometedoras e exigia que elas fizessem depósitos de quantias em dinheiro, caso contrário, ele ameaçava de expô-las em redes sociais. Em alguns casos, as mulheres eram obrigadas a enviar fotos íntimas e realizar videochamadas por aplicativos de mensagens.


As investigações apontaram ainda que o técnico de informática realizava os crimes logado em celulares de clientes, pois como ele trabalhava consertando aparelhos celulares, ele aproveitava e colocava os chips nos aparelhos dos seus clientes, com o objetivo de não ser rastreado.

Foi identificado ainda, que o homem possuía mais de 30 perfis falsos nas redes sociais, que era por onde ele fazia contato com as vítimas e passava a cobrar uma quantia em dinheiro para não divulgar materiais íntimos, fazendo, em alguns casos, com que elas pagassem mensalidades para não ter suas imagens divulgadas.

G1 CE
Postagem Anterior Próxima Postagem