Anvisa recebe pedido da Pfizer para uso de vacina em crianças de 6 meses a 4 anos

Pfizer faz pedido para uso de vacina em crianças de 6 meses a 4 anos - Foto: Claudio Vieira/PMSJC

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou, nesta sexta-feira (29), que recebeu o pedido para que a vacina da Pfizer contra a Covid-19 seja incluída na imunização de crianças de 6 meses a 4 anos de idade.

Atualmente o imunizante pode ser utilizado a partir dos 5 anos de idade. Caso a agência reguladora aceite a solicitação da Pfizer, essa será a segunda vacina em uso no Brasil aprovada para o público menor de 5 anos, e a primeira para crianças com menos de três anos. A vacina da Pfizer tem registro no país desde 23 de fevereiro de 2021.

“A análise técnica será feita pela Anvisa de forma rigorosa e com toda a cautela necessária para avaliação de imunizantes destinados a esse público específico”, informou a agência em comunicado.

O resultado da análise deve ser divulgado em 30 dias, a serem contados a partir da próxima segunda-feira (1º). O prazo pode ser prorrogado caso a Anvisa necessite de complementação de dados e informações.

Sobre o processo, a entidade explicou que “no caso de vacinas para o público infantil, alguns dos principais pontos de atenção da Anvisa se referem aos dados de segurança e eventos adversos identificados, ajuste de dosagem da vacina, fatores específicos dos organismos das crianças em fase de desenvolvimento, entre outros”.

Na semana passada, o Ministério da Saúde divulgou orientações para a vacinação de crianças de 3 a 5 anos contra a Covid. A pasta recomenda que a imunização seja realizada por grupos prioritários, de acordo com os estoques da vacina Coronavac disponíveis.

Segundo a recomendação da pasta, a vacinação deve começar pelas crianças de 3 a 4 anos imunocomprometidas e, depois, o imunizante deve ser destinado para as crianças com 4 anos, seguidas pelas crianças de 3 anos de idade.
CNN Brasil
Postagem Anterior Próxima Postagem