Cartão Mais Infância, Vale Gás e Garantia Safra podem ser prejudicados com redução do ICMS

Foto: Reprodução

O Fundo Estadual de Combate à Pobreza (Fecop) estima que, pelo menos, 11 projetos sociais que são mantidos pelo Governo do Ceará deverão ter parte de seus financiamentos comprometidos, diante das perdas de arrecadação e a redução do ICMS.

Pelos próximos seis meses, serão R$ 252 milhões a menos (R$ 42 milhões por mês), o que representa 70% do total custeado atualmente, de acordo com a secretária da Fazenda do Estado, Fernanda Pacobahyba, o que exige outras formas de destinação de recursos pelo Governo. 

"O Fecop será muito atingido, podendo prejudicar os principais programas do Fundo. Ficaria complicado dar sustentação (aos projetos) com essa perda de recursos", disse Fernanda em entrevista ao jornal Diário do Nordeste.

Confira a lista de projetos que poderão ser impactados

  1. Cartão Mais Infância
  2. Programa Vale Gás
  3. Programa Hora de Plantar
  4. Programa Garantia Safra
  5. Programa Mais Empregos Ceará
  6. Ceará Atleta
  7. Mais Nutrição
  8. Programa Jovem Superação
  9. Tempos de Cultura
  10. Jovem Superação
  11. Programa Avance
Postagem Anterior Próxima Postagem