Cidade do interior do Ceará chega a 7 dias sem combustíveis nos postos e segue sem transporte de pacientes

Apenas 1 dos 5 postos da cidade de Frecheirinha está com gasolina e etanol, porém a quantidade é insuficiente para atender a demanda local. — Foto: Mateus Ferreira/ SVM

O município de Frecheirinha, no interior do Ceará, chegou nesta sexta-feira (29) há sete dias sem gasolina e etanol nos postos da cidade. Com a falta de combustíveis, segue suspenso o transporte de pacientes com consultas marcadas para Fortaleza.

Conforme a prefeitura de Frecheirinha, os pacientes que precisarem ir para a capital terão que aguardar até a normalização do abastecimento de combustível. Sem previsão de data para acontecer. Já os pacientes com consultas marcadas em Sobral ou Camocim serão agendados pela Secretaria de Saúde para receberem transporte em vans ou micro-ônibus.

A cidade possui cinco postos, sendo três deles na região do Centro. Apenas dos estabelecimentos, as margens da BR-222, recebeu combustíveis, porém a quantidade é insuficiente para atender a demanda local. Além de Frecheirinha, também houve registro de falta de combustíveis nas cidades de Jijoca de Jericoacoara e Cruz, no litoral Oeste do Ceará.

Em nota, o Sindipostos Ceará informou que a falta de combustíveis em Frecheirinha e em outras duas cidades do Estado são casos pontuais, que ocorreram devido uma falha na logística de entrega e armazenamento no Posto do Mucuripe, em Fortaleza e em terminais de distribuidoras. Ainda de acordo com o órgão, o problema é mais frequente em postos de combustíveis de bandeira branca.

G1 CE
Postagem Anterior Próxima Postagem