FIEC projeta que PIB de Santa Quitéria será multiplicado por 10 com a operação da mina de Itataia

Foto: Aurélio Alves/O POVO

A operação da mina de Itataia em Santa Quitéria deve aumentar em 10 vezes o Produto Interno Bruto (PIB) do município, conforme estudo de impacto realizado pelo Observatório da Indústria, da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC). A informação já havia sido ventilada durante o ciclo de audiências públicas em junho passado e foi confirmada hoje (07) ao colunista Victor Ximenes, do jornal Diário do Nordeste.

Os dados apontam que a economia da cidade deve saltar do atual patamar de R$ 500 milhões para cerca de R$ 5 bilhões quando a mina estiver sendo explorada. O Produto Interno Bruto é a somatória de todos os produtos e serviços produzidos em uma determinada região. 

“O trabalho desenvolvido leva em consideração todo o impacto pelo qual a economia local deverá passar, com geração de empregos diretos e indiretos, produtos e serviços que serão realizados na localidade, além da taxa tendencial de crescimento do PIB no município”, explica o gerente de produto do Observatório da Indústria, Elton Freitas. 

Antes mesmo de as operações da usina iniciarem, a expectativa é de que o PIB já cresça 169% no período de dois anos em que será construída a infraestrutura para operação da mina e do complexo mineroindustrial, saltando dos atuais R$ 500 milhões para R$ 1,345 bilhão, conforme o estudo feito em parceria com o Consórcio Santa Quitéria, responsável pelo projeto. 

Caso esse crescimento exponencial se confirme, Santa Quitéria terá durante a operação da mina um PIB maior do que possuem atualmente os municípios cearenses de Juazeiro do Norte (R$ 4,9 bi) e Sobral (R$ 4,6 bi), por exemplo.
Postagem Anterior Próxima Postagem