Garoto de 13 anos morre vítima de dengue hemorrágica, em Sobral

O garoto estava internado no Hospital - Foto: Divulgação

Um garoto de 13 anos, identificado como Vladson da Silva Paiva, morreu após ser internado no Hospital Regional de Sobral, vítima de dengue hemorrágica. O garoto morava no bairro Vila União, em Sobral.

A reportagem do Sobral Portal de Notícias, entrou em contato com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Sobral e com o Hospital Regional Norte (HRN). Através da assessoria de imprensa, a SMS da princesa do norte confirmou o óbito, mas não deu mais informações. Já o HRN, não divulgou o diagnóstico da criança, pois a família não autorizou.

"Os meninos da Sucan (Agentes de Combate às Endemias) fazem o trabalho aqui, mas tá faltando o carro da fumacê passar pela nossa rua. O bairro tá cheio de gente doente. Já não basta as muriçocas que a gente tem que aturar todo dia", reclamou uma moradora do bairro que não quis se identificar.

Só em 2022, a cidade já registrou mais de 2100 casos suspeitos de dengue, 363 casos suspeitos de chikungunya e 80 suspeitas de zika vírus.

Nos bairros da cidade, os índices de infestação já chegaram a quase 4%. De acordo com o gerente da célula da Unidade de Vigilância de Zoonoses (UZV), Rafael Lima, o fumacê já passou nos bairros Vila União, Padre Palhano, Alto do Cristo e em algumas regiões do Centro.

O último boletim informativo das arboviroses divulgado pela Prefeitura de Sobral apontou que a cada 100 residências, 2 apresentaram foco do Aedes Aegypti.

Como se prevenir
Para se prevenir em períodos como este, com altos índices e risco de surto, a população deve redobrar os cuidados em casa e na rua. A melhor forma de prevenção contra o mosquito Aedes aegypti é evitando sua proliferação. O combate pode ser feito através da eliminação de objetos que acumulem água, e são potenciais criadouros, e da manutenção correta dos recipientes que armazenam o líquido, como caixas d'água.
Sobral Portal de Notícias
Postagem Anterior Próxima Postagem