Mulher é condenada à prisão após assaltar homens que conheceu no Tinder

Foto: Reprodução/Unsplash/Mika Baumeister

Uma mulher de 19 anos foi julgada após assaltar três homens que conheceu no Tinder. Identificada como Maria Angélica Macedo da Silva, ela marcava encontros com os pretendentes no aplicativo para cometer os crimes. O Tribunal de Justiça de São Paulo declarou uma sentença de 19 anos de prisão em regime fechado para a acusada.

Os crimes aconteceram entre janeiro e fevereiro de 2021, em São Paulo. No primeiro caso, a mulher roubou a carteira do homem usando uma arma branca. Na segunda ocasião, ela teve ajuda de outros dois homens para levar R$170 e o carro da vítima. No último assalto, Angélica roubou R$270 do pretendente.

Segundo o portal UOL, a mulher foi identificada pelas três vítimas. Em sua defesa, Angélica afirma que estava em casa durante as ocorrências e que nunca teve perfil em aplicativo de relacionamento.

A defesa classificou a sentença como “extremamente alta”, afirmando que irá recorrer com um recurso especial.

“Para nós, defensores, que sabemos que não foi a Maria Angélica que cometeu os crimes, é uma revolta muito grande. Por isso, vamos lutar até o fim para baixar essa pena", alegou a advogada Luzia Helena Sanches em nota ao portal.

No momento, Maria Angélica segue detida na penitenciária de Guariba. Além de cumprir pena, ela também trabalha no local. 

O povo
Postagem Anterior Próxima Postagem