Parte de casarão histórico no centro de Santa Quitéria é demolido e vai virar prédio comercial

Fotos: Thiago Rodrigues/AVSQ

Foi demolida nesta semana, parte da esquina entre as ruas Adroaldo Martins e Antônio Sabóia, no centro de Santa Quitéria. Do extenso prédio pertencente a família Paula Lobo, foi derrubada onde funcionava uma loja de artigos e a entrada da casa do ex-vereador Wellington Lôbo (falecido em dezembro passado).

O terreno foi adquirido pelo médico veterinário Reinaldo Dias, proprietário da clínica Mundo Animal. Ao A Voz de Santa Quitéria, ele contou que tinha intenção em preservar os traços originais e ainda tentou reformar com colunas, mas dado o comprometimento da estrutura, não foi possível. Um prédio comercial, possivelmente farmácia, será erguido na área.


O local era um dos poucos imóveis na cidade cuja arquitetura remetia ao passado. Segundo o historiador Jardson Rodrigues, o casarão foi construído na década de 1920 por Adroaldo Martins de Mesquita, com características que remetiam a maçonaria, o que teria contrariado a Igreja Católica na época, que contestou a obra e as imagens em sua fachada.

Foto capturada pelo Google Maps em maio passado

A "Villa Esphinge", como era chamada no passado, foi moradia do casal de ex-prefeitos de Santa Quitéria, Edson e Arlinda Lobo de Mesquita.

Em fevereiro, chegou a ser cortejada a sua compra pela Zenir Móveis e Eletros, que tinha interesse em instalar uma filial da cidade, especificamente naquele ponto estratégico, mas as negociações não avançaram.
Postagem Anterior Próxima Postagem