PDT estadual corre contra o tempo para apoiar um novo nome para o Senado

Foto: TV Cidade

Em entrevista para a TV Cidade, nesta quarta-feira (27), o presidente do PDT no Ceará, deputado federal André Figueiredo, afirmou que o partido está em uma corrida contra o tempo para apoiar um candidato ao Senado Federal, depois do rompimento da aliança com o PT no estado. O pedetista ainda revelou que o candidato será de um partido que não faz parte da majoritária.

“Esperávamos efetivamente que ainda pudéssemos sentar e dialogar com o ex-governador Camilo Santana, ele seria o Senador que nos gostaríamos de votar, temos todos respeito por ele. Mas, as questões políticas levaram com que ele lançasse um candidato a Governador. Isso obrigatoriamente faz com que tenhamos também que lançar um candidato a Senador. O que colocamos de antemão, é que esse candidato ou essa candidata, será de algum partido que não esteja ainda na majoritária”, explicou.

GC Mais
Postagem Anterior Próxima Postagem