Polícia Civil destrói 3 toneladas de drogas apreendidas no Ceará

Foto: Isaac Macêdo/SVM

A Polícia Civil realiza, nesta quarta-feira (6), a destruição de três toneladas de drogas apreendidas pela corporação em Fortaleza e outras 28 cidades cearenses desde 2015 até este ano. O material será queimado em uma olaria na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

Conforme o titular da Delegacia de Narcóticos (Denarc), Alisson Gomes, a carga tem maconha, crack, cocaína e outros entorpecentes e representa um fechamento de ciclo no combate ao tráfico de drogas. O delegado informou que os materiais resultaram de mais de mil procedimentos de apreensão. A destruição, porém, só poderia ocorrer após autorização judicial.

Ainda de acordo com Alisson Gomes, a queima das drogas tem um viés pedagógico aos criminosos. "Apreender a droga significa um baque financeiro para as organizações criminosas", afirmou, pontuando um desmantelamento do tráfico.

A polícia busca fazer mapeamento de locais mais críticos no Ceará e combater o tráfico, fazendo prisões e prejudicando a logística dos criminosos. No entanto, a instituição também conta com a ajuda da população a partir de denúncias contra o crime.

G1 CE
Postagem Anterior Próxima Postagem