Policial baleado em tiroteio é preso suspeito de atuar em tentativa de assalto, no Ceará

Tiroteio deixa feridos no Bairro Benfica, em Fortaleza, após tentativa de assalto. — Foto: Rafaela Duarte/SVM

O policial militar baleado no tiroteio que deixou o agente e outra pessoa ferida após uma tentativa de assalto no Bairro Benfica, em Fortaleza, na noite desta quarta-feira (27), foi preso por suspeita de participação no crime.

Conforme uma fonte da polícia, o policial suspeito do crime estava afastado da corporação e foi reconhecido por testemunhas quando era levado ao hospital. A Polícia Militar do Ceará informou que o agente estava de licença para tratamento de saúde (LTS) e afastado de suas funções policiais há mais de um ano.

Ainda segundo a corporação, o caso e o suspeito foram apresentados na Delegacia de Assuntos Internos (DAI) da Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário do Estado do Ceará (CGD).

Já a Controladoria Geral de Disciplina (CGD), órgão que fiscaliza agentes de segurança no Ceará, afirmou em nota que o policial foi autuado em flagrante por roubo e conduzido ao presídio militar. Além das providências adotadas, a Controladoria determinou a imediata instauração do procedimento disciplinar para devida apuração do caso na seara administrativa.

Tiroteio
Segundo testemunhas, o agente de segurança e três comparsas estavam em motocicletas assaltando na região do Bairro Benfica. Em uma das ações, o grupo tentou assaltar um estabelecimento comercial, momento em que outro policial, à paisana, estava próximo, reagiu à tentativa de assalto e trocou tiros com os criminosos.

Durante a troca de tiros, o agente que reagiu baleou o PM e outro criminoso. A motocicleta em que os feridos estavam apresentou problemas e eles tentaram fugir a pé, momento em que foram abordados por uma equipe da polícia. Na confusão, um deles deixou o tênis cair no local.

Uma ambulância do Samu foi acionada e socorreu o policial e o comparsa suspeitos de participar da tentativa de assalto. O agente que reagiu não ficou ferido. Já os demais suspeitos conseguiram fugir pela Avenida 13 de Maio e ainda não foram localizados. Não há informações se o grupo roubou algo.
G1 CE
Postagem Anterior Próxima Postagem