"Santa Quitéria está esquecida e não tem obras do Estado desde 2006", diz ex-prefeito Tomás Figueiredo

Foto: José Heitor/AVSQ

O ex-prefeito de Santa Quitéria, Tomás Figueiredo (MDB), foi um dos oradores mais aguardados do encontro do União Brasil, no último sábado (02), tendo rasgado elogios ao pré-candidato ao Governo do Estado Capitão Wagner e soltado o verbo contra os Ferreira Gomes e o ex-governador Camilo Santana.

Para ele, o município está abandonado “nós estamos abandonados desde que o Dr. Lúcio Alcântara deixou o Governo do Estado do Ceará em 2006” e que as “últimas coisas que nós podemos ter e olhar foi no governo Lúcio Alcântara que nos trouxe o ginásio e a fábrica Democrata”.

Figueiredo listou projetos que não saíram do papel, como a construção de uma UPA, a estrada Santa Quitéria/Mina de Itataia, prédio próprio da Delegacia. “O ex-governador chegou aqui em 2018, uma época dessa e disse que ia fazer o projeto dessa estrada e ficou no esquecimento. Passei quatro anos na prefeitura e não vi nada pra Santa Quitéria”, criticou.

Tomás e Camilo na inauguração do Raio em 2018 - Foto: Thiago Rodrigues

O próprio Tomás esteve como “aliado” de Camilo Santana e Cid Gomes em 2018. Inclusive, inaugurou em seu governo, pelo menos três obras do estado: ramal asfáltico do Trapiá, CE-176 para Sobral e batalhão do Raio.

Apesar de receber e abraçar como seu candidato ao Governo, Tomás ainda está num impasse em relação a acompanhar o ex-senador Eunício Oliveira (MDB), que ainda não definiu se sairá na disputa para governador ou deputado federal. Ao que tudo indica e pelo próprio evento, Moses Rodrigues (UB) pode permanecer como a sua escolha para federal.
Postagem Anterior Próxima Postagem