Varíola dos macacos no Ceará: Sesa confirma 2º caso no Estado

Foto: CYNTHIA S. GOLDSMITH

O segundo caso de Monkeypox, doença conhecida como varíola dos macacos, foi registrado no Ceará pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) nesse sábado, 2 de julho. O paciente, de 43 anos, mora no município de Russas. Há outros oito casos suspeitos.

O primeiro caso da doença no Ceará foi confirmado no dia 29 de junho. O primeiro paciente com caso confirmado tem 35 anos, é morador de Fortaleza e esteve em São Paulo e no Rio de Janeiro, onde casos confirmados de Monkeypox já foram registrados.

Segundo informações da Sesa, até o momento foram notificados 18 casos suspeitos no Ceará. Destes, oito foram descartados laboratorialmente, outros oito seguem em investigação e dois foram confirmados.
"Em todas as notificações foram aplicadas as medidas recomendadas, como isolamento, busca ativa de contatos e coleta de material para exames laboratoriais para elucidação do caso e para diagnóstico diferencial para outras doenças, que estão em processamento", explica a Sesa, em nota.

Varíola dos macacos no Ceará: casos suspeitos

Os pacientes que ainda são casos suspeitos da doença são residentes dos municípios de Fortaleza (6), Juazeiro do Norte (1) e Guaramiranga (1). Nessa última cidade, trata-se de um novo caso suspeito notificado.

Varíola dos macacos no Ceará: casos descartados
Os casos que já foram descartados laboratorialmente são de pessoas que residem nos seguintes municípios: Fortaleza (2), Maracanaú (1), Cedro (1), São Gonçalo do Amarante (1), Caridade (1), Caucaia (1) e Ocara (1).

O povo
Postagem Anterior Próxima Postagem