Venda de autotestes de Covid-19 aumenta mais de mil por cento no Ceará

As vendas de autotestes para Covid-19 aumentaram 1278% em junho - Foto: Divulgação

As vendas de autotestes para Covid-19 aumentaram 1278% em junho último, comparado com o mês de maio nas unidades da Pague Menos, no Ceará. Enquanto os testes de Covid-19, feitos por farmacêuticos nos consultórios do Clinic Farma e com emissão de laudos, tiveram aumento de 649% no mesmo período. De acordo com a rede de farmácias, a tendência de crescimento nos números de exames realizados nos seus estabelecimentos se mantém nos primeiros dias de julho.

A alta procura por autotestes acende um alerta para o momento ideal de realizar o exame, em coletiva à imprensa no último dia 30 de junho, Antônio Lima, coordenador de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), frisou que é preciso esperar o terceiro dia de sintomas para fazer a testagem para a infecção.

"Parece estar claro que, desde a Ômicron, o período de incubação encolheu. O período de incubação é do momento em que você se infecta até o momento em que apresenta os primeiros sintomas. A partir do terceiro dia de início dos sintomas é difícil dar negativo", explicou em coletiva.

Ainda segundo Antônio Lima, a maioria dos autotestes, quando são manuseados adequadamente, têm sensibilidade razoável. "Em tese, procuro recomendar a partir do terceiro dia do início dos sintomas. Se no primeiro e no segundo dia der negativo e no terceiro der positivo, nem sempre é falha do teste. É porque você não tinha suficientemente carga viral adequada para o teste capturar anticorpos suficientes para aparecer a listra do positivo", esclareceu o epidemiologista em coletiva dia 30 de julho.

O Povo Online
Postagem Anterior Próxima Postagem