Vigilante mata companheira a tiros e comete suicídio em via pública, no Ceará

Homem mata companheira e se mata em seguida no Bairro Joaquim Távora, em Fortaleza — Foto: Flávio Rovere/SVM

Um vigilante de 38 anos matou a companheira a tiros e em seguida tirou a própria vida na Rua Dona Leopoldina, no Bairro Joaquim Távora, em Fortaleza, nesta quarta-feira (6). A mulher foi identificada como Maria Jocélia Brito, 39 anos; o homem é Francisco Oliveira Lima Filho.

Segundo a Polícia Militar, durante a madrugada Francisco foi ao supermercado em que a vítima trabalhava como atendente, no Bairro de Fátima, e informou as pessoas que iria matar a companheira devido a uma suposta traição. Ao não encontrá-la no local, ele rendeu o segurança e três funcionários do estabelecimento.

Como a mulher não apareceu no supermercado, ele roubou a bicicleta de um dos funcionários rendidos e foi até a Vila Ceará, onde a vítima morava. Quando a mulher chegou ao endereço, ela foi atingida por diversos disparos em via pública. Em seguida, o homem tirou a própria vida.

Três armas de fogo e uma faca foram apreendidas com o suspeito. Não há informações sobre quantos disparos atingiram a vítima. Francisco e Maria Jocélia deixam três filhos.

Conforme Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), equipes da Polícia Civil, da Polícia Militar do Ceará (PMCE) e da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) foram acionadas para uma ocorrência de feminicídio seguido de suicídio. O caso será investigado pelo do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
G1 CE
Postagem Anterior Próxima Postagem