Empossada a primeira diretoria da APAE de Santa Quitéria

Fotos: Thiago Rodrigues/AVSQ

Tomou posse na noite desta sexta-feira (06), a primeira diretoria da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Santa Quitéria. A solenidade no auditório da CDL reuniu mães atípicas, apoiadores da causa, empresários e uma representação da associação estadual, no pontapé para iniciar as atividades no município.

Naara Mesquita foi escolhida pelas mães para presidir a APAE. Resolvendo os trâmites burocráticos a partir de agora, a expectativa é para que até outubro, já esteja realizando atendimentos na futura sede, que foi doada pelo médico Ricardo Martins. Cerca de 340 mães já estão engajadas neste grupo, conta a presidente.


“A APAE faz uma avaliação de crianças, adolescentes, adultos e idosos com deficiência intelectual e múltipla, para ver se enquadram e ter um tratamento como fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional, psicopedagogia, além de oficinas para as mães se profissionalizarem”, destacou ela, no sentido de poder desafogar a fila de espera na Casa Amiga da Criança e no NASF, que supera 200 pessoas aguardando para serem atendidas.

Para Alessandro Jucá, que compõe a equipe estadual, a nova instituição dará subsídios para as famílias de pessoas com deficiência e representa mais uma luta para estas mães, agora se integrando ao movimento apaeano, que já é presente em outras 34 cidades cearenses.

O objetivo da associação, existente no Brasil há 66 anos, é prestar assistência gratuita para que a pessoa com deficiência alcance condições de ser incluída na sociedade, com garantia de direitos como qualquer outro cidadão.
Postagem Anterior Próxima Postagem