Ex-deputado Tomás Filho chegou a ser cogitado para vice de Elmano; MDB continua em impasse após renúncia

Foto de Tomás Figueiredo, Eunício Oliveira e Tomás Filho na campanha de 2018

Em meio a dificuldade do MDB para indicar o vice de Elmano de Freitas (PT) ao Governo do Estado, um dos nomes que foi cogitado para a vaga foi o do ex-deputado estadual Tomás Filho. A informação foi confirmada ontem (06/08) por fontes ligadas à campanha petista e também da base do ex-prefeito de Santa Quitéria Tomás Figueiredo.

Diante da sondagem, o próprio Tomás Filho declinou o convite. Fora das eleições desde 2014, ele tem voltado mais os seus trabalhos para a advocacia e o seu cargo de assessor no sistema Fecomércio, deixando a política para os seus pais.

A sigla do ex-senador Eunício Oliveira permanece em impasse em relação a isso e já está em reunião para buscar um novo vice. Desde o início, sempre manifestou interesse que uma mulher fosse a indicada e a fisioterapeuta Renata Almeida chegou a ser anunciada à noite no final do prazo, no entanto, renunciou no começo desta tarde após ser alvo de pressões nas redes sociais.

Em tempo
Tomás Figueiredo e Cândida participaram da convenção que lançou Capitão Wagner como candidato ao Governo, acompanhados de algumas lideranças de seu grupo. Ainda não foi batido o martelo em relação a quem ele apoiará para deputado federal: Moses Rodrigues (União Brasil) ou Eunício.

Postagem Anterior Próxima Postagem